Dois contos que retratam lados obscuros das cidades e das pessoas. #CidadeNoturna é mais uma nova antologia.

12/01/2019

Com os contos "Dois Rios" e "Olhos de Hematita" estão integrando os demais contos da mais nova Antologia a ser lançada e publicada pela #EditoraIlluminare em março próximo.

Com o conto "Dois Rios", o escritor faz alusão de sua experiência como assistente social em uma delegacia de polícia na região metropolitana da cidade do Rio de Janeiro. Nos dias de seu plantão na delegacia de polícia, seguia o seu caminho de trem e de metrô como se fosse nos limites para o submundo, para as terras de Hades. Conhecia uma vendedora na estação de trem da Central do Brasil, que era conhecida como "Dona da Noite", que vendia os melhores salgados daquele horário em que partia em seu horário noturno de trabalho. Não é a toa que virou uma das personagens desta história. No seu cotidiano, naquela DP atendeu vários tipos de demandas como roubos, assassinatos, violências de todo tipo e até chacinas. Pensava como era o atendimento do "outro lado",... quem atendia os mortos?

Saindo de uma grande metrópole para uma cidade pequena, histórica e bucólica, que foge das amarras das grandes cidades litorâneas. "Olhos de Hematita" é um conto que retrata a narrativa de um imigrante, que depois de uma tragédia, imigra para esta pequena cidade e trás grande parte do que restou a sua família. Porém, há uma nova perda que, depois, é recompensada por um evento, que o identifica como parte integrante da pequena cidade histórica onde iniciou a sua nova vida.

Em março, no evento literário na cidade do Rio de Janeiro, esta e outras antologias serão lançadas, com a participação de #MichaelHermann e outros autores e escritores do país inteiro.