O que é o PPP (Como construir o Projeto Político-Pedagógico)?

11/12/2018

A elaboração, implementação e avaliação do Projeto Político-Pedagógico.

1. Elaboração do PPP:

1.1. Metodologia de Trabalho para a Construção do PPP

A adoção da metodologia condizente aos fins que se deseja alcançar é critério essencial para o êxito do PPP. A legitimidade e racionalidade do PPP vinculam-se à metodologia usada na sua construção. São variados os caminhos da elaboração e implementação do PPP da escola. Muitos autores que trabalham no âmbito do planejamento dialógico/participativo utilizam como princípio metodológico a formulação de perguntas e questionamentos para problematizar a realidade, como proposta de trabalho na elaboração do PPP.

Nessa perspectiva, a metodologia de trabalho para a elaboração do PPP segue o princípio do questionamento, conforme ensina Vasconcellos:

"Para a expressão daquilo que o grupo pensa e quer, usamos o recurso metodológico do questionamento, da problematização, sintetizada nas perguntas. Por que pergunta? Para provocar um desequilíbrio no sujeito, para estabelecer um desafio que leve a uma reflexão e produção." (VASCONCELLOS, 2000, p.177).

Sendo diversificados os caminhos para a elaboração e implementação do PPP, vale destacar que é importante aprendermos a indagar acerca da realidade, ou seja, problematizar via questionamento. Muitas indagações surgem do exercício de participação e da sensibilização. Sabemos que formular questionamentos exige também reflexão. As indagações bem elaboradas, focalizadas, claras e objetivas contribuem no processo de participação e na análise da realidade.

As indagações a serem elaboradas devem ser específicas e condizentes com as respectivas etapas/partes constitutivas do PPP. Dessa forma, formulamos perguntas próprias para o Marco Referencial (Situacional, Filosófico, Operativo), para o Diagnóstico, e para a Programação. Posteriormente, na etapa de avaliação do PPP, podemos elaborar questões condizentes a esta etapa.

A elaboração e a própria seleção de quais indagações serão feitas em cada etapa ou fase já constituem propriamente o fruto de uma reflexão, sensibilização e de tomada de consciência. As respostas serão valiosas para identificar as representações/percepções dos sujeitos e para sistematizar o pensamento coletivo.

Assim, indagamos quanto ao processo de elaboração e implementação do PPP:

  • Quem participa?
  • Como participa?
  • Quando participa da construção e implementação do PPP?

Essas indagações referem-se aos princípios da participação, legitimidade e democracia. Isto porque o PPP só adquire legitimidade político-institucional e pedagógica quando é resultante da participação de toda a comunidade escolar, diretamente ou por representatividade também legítima e democrática. Indispensável é, como já anunciamos antes, a mediação do coordenador pedagógico na condução do diálogo, no debate e na comunicação dos princípios, fins e objetivos do PPP, mobilizando e estimulando a todos para a participação, compartilhando e orientando.

Há várias estratégias para a construção do PPP sugeridas pelos autores mencionados. Uma dessas estratégias é a organização de grupos multidisciplinares que contemplam os diversos segmentos da comunidade escolar¹ (corpo docente, corpo técnico-administrativo, equipe de gestão, órgãos colegiados (conselhos escolares, grêmio estudantil, unidades executoras/APMs) e que respondem coletivamente às questões levantadas para cada tópico. 

As respostas podem ser recolhidas por uma equipe escolhida para esta finalidade visando sistematizar os tópicos a partir das respostas dos grupos. Em seguida, poderão ser organizadas uma série de discussões coletivas visando aprimorar a sistematização inicial dos tópicos. A produção do texto síntese deve traduzir a concepção da coletividade e a identidade² institucional almejada pela comunidade escolar. 

Seguem abaixo, sugestões de indagações possíveis a serem feitas pela coletividade: 

  1. Qual metodologia será adotada na construção, implementação e avaliação do PPP? 
  2. Que questões-problemas serão contempladas no PPP? 
  3. Como organizar a estruturação dos tópicos e dos itens que constituirão o registro documental do PPP? 
  4. Como enfrentar as contradições e conflitos que surgirem? 
  5. Quais as condições reais e o tempo disponível para a construção coletiva do PPP? 
  6. Como viabilizar a construção de um projeto bem feito garantido-se a identidade da escola? 
  7. O que pode dificultar a construção do PPP e como enfrentar as dificuldades encontradas? 

As possibilidades de mudanças nas escolas demandam também persistência e, de fato, muita reflexão e trabalho coletivo na perspectiva de superação dos limites e dificuldades. Assim, na medida em que planeja, decide e executa, a equipe/comunidade escolar se responsabiliza por seus atos e passa a tomar mais consciência das suas necessidades e a dialogar e a problematizar sobre a sua realidade. 

[Fonte: UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina]

Glossário:

1. Comunidade escolar:

A com unidade escolar é constituída por pais, mães, diretores, responsáveis, alunos, professores e demais funcionários da escola. Pode incluir ainda conselheiros tutelares, de educação, dos direitos da criança, ONGs, universidades e outras organizações interessadas e diretamente envolvidas com os problemas da escola e com sua melhoria.

2. Identidade:

Significa explicitar com clareza sua missão social, seus princípios, valores e compromisso com resultados educacionais dos alunos. Significa, também , organizar-se administrativa, pedagógica e financeiramente, de form a a alcançar os material e m etas com eficiência e eficácia (racionalidade interna) e definir linhas de trabalho que sejam aceitas e legitimadas pela com unidade (racionalidade externa).